Seu carro pegou fogo? Saiba o que fazer

Confira dicas para agir corretamente nessa situação

Foto: Divulgação

Você está dirigindo tranquilamente quando começa a enxergar uma fumaça preta saindo debaixo do capô. É isso mesmo! Seu carro está começando a pegar fogo. Saiba o que fazer para se safar e tentar reduzir os danos.

SAIA JÁ DAÍ!

Se o carro começou a pegar fogo não tente de maneira nenhuma achar um "lugar seguro" para estacionar. Os gases liberados pela queima de plástico, espuma e borracha são extremamente nocivos para a saúde e o primeiro lugar em que eles vão parara é no habitáculo do automóvel. Além disso, o fogo pode se propagar muito mais rápido do que você pode imaginar.

EXTINTOR

Antes de pedir ajuda ou ligar para qualquer pessoa, tire o extintor do carro ciente de que você não vai se queimar fazendo isso. Ele geralmente fica sob um dos bancos, do passageiro ou do motorista.

TOCA A SIRENE!

Fora do carro e com o extintor em mãos, peça ajuda a quem estiver passando. Mas não apenas para apagar o fogo, antes de tudo peça para alguém acionar o serviço dos bombeiros. O telefone é 193!

CONTENÇÃO

Sem desespero e mantendo uma distância segura do foco do incêndio (de três a cinco metros) mire o extintor sempre por debaixo da parte da carroceria que está sendo consumida pelo fogo. Em hipótese alguma tente levantar o capô ou abrir o porta-malas. Pode ser um incêncio por combustível e qualquer deslocamento súbito de ar gera labaredas e coloca você em risco. Caso a fumaça não seja muito intensa, jogue o componente de rescaldo próximo da parte elétrica, concentrada na bateria e no alternador.

APAGOU?

Depois de um exame visual para ver se houve a contenção do fogo levante o capô calmamente e continue o trabalho de resfriamento da parte afetada, até que você se certifique de que foi controlado. Mantenha o extintor pulverizando a área até  esgotar. Depois dessa certeza não tente ligar o carro. Empurre-o até um lugar seguro e espere o socorro (bombeiros ou seguradora) chegar.

Compartilhe esse conteúdo



Comentários