Saiba como proteger seu carro do sol

Exposição excessiva pode trazer prejuízos para a pintura

Foto: Divulgação

O verão acabou, mas o sol continua na ativa! E a exposição demasiada pode causar alguns danos ao seu carro. Leia essas dicas e mantenha o possante brilhando como se ainda fosse novo.

GARRAFA DE ÁGUA

É sempre bom andar com uma garrafa de água dentro do carro. Os excrementos de pássaros aliados à exposição ao sol podem danificar a pintura em poucas horas. Viu que foi o alvo, jogue água no dejeto na hora.

LAVANDO

Evite lavar o carro sob o sol. o uso de materiais químicos expostos ao sol, como xampus com cera, em vez de protegerem a pintura acabam acelerando o processo de deterioração da tinta e culminam com o aparecimento de pequenas manchas.

USE CAPA, MAS CALMA

A capa de polietileno ajuda a proteger o carro dos raios ultravioletas, contudo não é indicado colocá-la com o carro sujo, pois a ação do vento e o movimento de tirar e retirar a cobertura podem riscar a pintura com a próprias partículas de sujeira. O mais certo a fazer é colocar a capa sempre com o veículo limpo e seco.

CERA E POLIMENTO

Passar uma cera protetora em casa pode ajudar na proteção da camada de tinta. Já as seções de polimento, com máquina pilitriz, vão diminuindo essa camada. O ideal é realizar o processo duas ou três vezes por ano, sem exageros.

CRISTALIZAÇÃO

É uma forma de polimento, que além de dar brilho, ainda aplica uma resina protetora. É o tratamento ideal que você pode dar ao seu carro, caso ele fique demasiadamente exposto ao sol. O preço varia de R$ 180 a R$ 300. 

PARA-BRISA E INSUFILM

Uma das soluções é usar um tapa sol para evitar o aquecimento demasiado da cabine e proteger os bancos. Ele é feio com material que bloqueia os raios ultravioleta e é feito em todos os tamanhos. A aplicação de insulfilm nos vidros laterais também ajuda a reduzir o calor interno, mas a película deve ter um grau de transparência permitido pela lei.

Compartilhe esse conteúdo



Comentários