Veja dicas para dirigir na neve

Caso é pouco comum no Brasil, mas pode acontecer principalmente se você estiver no sul do País. Saiba como se preparar

Fotos: Divulgação |

É uma situação rara, mas pode acontecer com você. Nas regiões mais frias do País a incidência de geadas e neve pode tornar o caminho bem perigoso. Saiba como se proteger!

VISIBILIDADE

É normal ter janelas, para-brisa e luzes cobertas por uma camada branca em dias de frio extremo. O ideal é que você tenha um raspador de gelo para tirar este excesso, para conseguir ver e ser visto. Não jogue água quente sobre as superfícies, especialmente as de vidro, pois elas podem rachar com a inversão térmica repentina. Ligue o desembaçador interno no mais quente possível, ele vai evitar que as janelas congelem no caminho.

COMPORTAMENTO

O ideal é que você dirija com marchas mais baixas e em rotação maior. Isso vai aumentar a sua tração, tanto em acelerações quanto em reduções, o que é importante em superfícies escorregadias. Não aumente muito a velocidade, quanto mais rápido você está mais leve o carro fica o que potencializa os riscos de derrapar. 

OLHO LÁ NA FRENTE

Mantenha o máximo de distância possível do carro que vai à frente. Uma frenagem repentina ou um desvio abrupto pode fazer com que você não tenha tempo de frear em virtude da superfície de baixa aderência.

GELO NEGRO

Em locais de frio intenso forma-se o que se chama de "gelo negro". É uma espessa camada de gelo lisa que impede o contato com o asfalto. É importante andar mais devagar porque de dentro do carro você praticamente não vê a diferença entre o que é gelo e o que é asfalto.

DERRAPOU

Saída de frente ou de traseira podem ser apenas sustos se você estiver em baixa velocidade. Quando acontecem, o correto é que você tire o pé do acelerador. Nos casos de saída de traseira, gire o volante para o lado contrário à escapada. Se sair de frente mantenha o volante virado para o lado que você quer ir. Sem acelerar. Se for frear faça bem levemente.

Compartilhe esse conteúdo



Comentários