Veja dicas para comprar um carro a prazo

Está sem grana para comprar um carro à vista? Listamos as melhoras formas para você colocar seu sonho na garagem sem ficar com o bolso vazio demais

Fotos: Divulgação |

CDC OU FINANCIAMENTO

É o famoso Crédito Direto ao Consumidor, ou simplesmente financiamento puro e simples. É a forma mais usual para quem quer levar um carro 0km para casa. Mais de 80% das compras são nessa modalidade. Nela o carro já sai no nome do proprietário assim que começa o financiamento e é possível quitar a dívida antes do prazo (em média 40 meses) com desconto mínimo de 10% de juros. Essa modalidade também é muito usada para a compra de seminovos, contudo a taxa de juros mensal é um pouco mais elevada do que para veículos novos. Antes de contrair a dívida fique esperto para que ela não seja maior do que ¼ da sua renda mensal.

CONSÓRCIO

Nada mais é que a reunião de pessoas ou empresas a fim de fazer uma poupança para comprar um carro com custo menor do que o financiamento habitual. A vantagem principal é não haver taxa de juros, apenas de taxa administrativa da operadora, e isso é uma boa notícia para quem não tem pressa para adquirir um veículo. Você pode antecipar a grana dando um bom lance ou tendo a felicidade de ser sorteado. Há também consórcio para seminovos, igualmente vantajoso. Mas lembre-se: nem sempre há a previsão de entrega do carro. Encare essa dívida como uma poupança forçada.

LEASING

Leasing em inglês significa locação, mas no caso dos carros essa locação vem junto de uma opção de compra ao final do período. Menos de 4% das pessoas opta por esta modalidade, justamente porque você fica preso ao contrato durante, pelo menos, 24 meses até que seja possível algum acordo de negociação pela dívida inteira. A vantagem é que você não paga IOF sobre a aquisição, e os prazos para a quitação podem ser estendidos além do que é oferecido no caso do financiamento comum, por exemplo.

Compartilhe esse conteúdo



Comentários