Saiba como fazer um bom negócio na hora de vender seu carro

Do anúncio até a transferência. Confira cuidados para valorizar seu carro e evitar dor de cabeça

Fotos: Divulgação |

Está na hora de trocar de carro? Veja como fazer para valorizar o seu veículo usado e como se precaver de problemas depois de já ter vendido.

APRESENTAÇÃO

Se você for anunciar ou expor o seu carro para a venda, capriche no figurino. Um carro limpo e bem lavado, sem odores internos, podem ser o diferencial entre ecolherem o seu veículo e outro.

FOTOGRAFIA

Se o anúncio for feito pela internet, é legal fotografar os detalhes bem cuidados do seu carro. Motor, bancos, estado dos pneus, quilometragem e tapeçaria são partes valorizadas pelos compradores. E lembre-se:  quanto mais informação disponível, mais interessados vão surgir.

PREÇO

Com a imensa concorrência de agências especializadas em usados você deve sempre balizar o preço um pouco abaixo do que é pedido na tabela FIPE. Os revededores sempre pedem um pouco acima disso e com um bom valor inicial você pode fazer negócio primeiro.

DOCUMENTAÇÃO

Antes de vender o carro, certifique-se de que a documentação está em dia e com todos os impostos pagos. Não é apenas pelo desconto que lhe trarão no valor final. Se você não cuida da regularização do carro, passa uma imagem ruim ao possível comprador.

LOCAL PÚBLICO

Evite que o comprador vá ver o carro na sua casa, ou em algum local particular. O mais indicado é que oprimeiro contato seja feito em local público, se possível, com entrada paga e câmeras de vigilância. Lembre-se sempre que é você quem deve escolher o local da exibição. 

TRANSFERÊNCIA

Depois de o dinheiro estar na sua conta (via TED ou cheque administrativo), vá com o comprador até o cartório e resolva a transferência de responsabilidade no ato. Isso evita que multas e processos advindos da utilização do carro recaiam sobre você.

Compartilhe esse conteúdo



Comentários