fechar X

Por Equipe C/D // Fotos: Divulgação e Bruno Guerreiro

O protótipo do novo Gol GT foi a grande sensação do Salão de São Paulo, em novembro do ano passado. Assim que a exposição abriu as portas para o público, começaram a circular nas redes sociais os pedidos para que o carro fosse fabricado. A campanha surpreendeu até mesmo José Carlos Pavone, designer pai do projeto e que havia acabado de assumir o comando do design da VW para a América Latina.

O apelo também chegou ao ouvido de David Powels, presidente e CEO da marca no Brasil, que deu o aval para a produção do modelo, segundo apurado por C/D. Era certo: o Gol GT renasceria em 2017 como uma série especial limitada a 500 unidades . “Seria uma homenagem na despedida do atual ciclo de vida do Gol, que vai ganhar uma nova geração em breve”, disse na época uma fonte da marca.

A questão é que, para infelicidade geral de todos os Viciados em Carro, o projeto subiu no telhado. E não foi por todo o mistério em torno do Gol atual, que pode não ganhar despedida tão em breve assim –  a esperada nova geração viria com o nome Polo, enquanto o Gol ganharia apenas um facelift nos próximos meses. Segundo apurado por C/D, as contas simplesmente não fecharam e a expectativa foi frustrada. 

Gol GT

Leia também
Comente!*