Por Equipe C/D // Projeções: João Kleber Amaral

PROJETO X6H

Segredos FiatReprodução internet

Anteriormente informamos que o projeto X6H daria origem, de uma só vez, ao substituto de Palio e Punto. Mas o Palio, que ganha facelift em breve, será mantido. Assim, o X6H nada mais é que a nova geração do Punto.

Fontes indicam que, além da plataforma do atual Palio esticada em aproximadamente 10 cm, ele virá com um motor 1.4 8V pertencente à nova família GSE, que terá também um bloco de três cilindros a ser usado em Mobi e Uno. A família GSE terá um propulsor turboalimentado nacional, baseado no 1.4 GSE, mas o mais provável é que o 1.8 E.torQ - usado na Toro e, em breve, no Jeep Renegade - esteja nas versões mais caras, equipado apenas com câmbio automático Aisin de 6 marchas.

Dele nascerão mais dois veículos, um sedã e um SUV com as mesmas motorizações do hatch. A princípio a intenção da Fiat é que o sedã (X6S) aposente o Grand Siena e seja um competidor de Chevrolet Cobalt e Honda City, com muito espaço interno, conectividade nos padrões norte-americanos e preços entre R$ 50 mil e R$ 60 mil. O SUV, uma espécie de Jeep Jr, (veja aí embaixo) estreia só em 2018.  


 

JEEP JR.

Segredos Fiat

O Renegade pareceu ser um pouco demais para encarar o Ford EcoSport. Ao guiar os dois você percebe que eles não deveriam ser da mesma categoria. Por isso a Jeep deve subir o sarrafo dos preços do Renegade e em meados de 2018 colocar um SUV menor, baseado na plataforma do X6H para brigar com o compacto da Ford repaginado.

Fontes garantem que ele não será um Jeep empobrecido, pois trará o mesmo conceito de acabamento do restante da marca e, como todo Jeep, terá de ser certificado na trilha Hells Revenge, no deserto do Moab. Para cumprir a tarefa, ganhará uma tração 4x4 herdada do Fiat Panda Cross. A intenção é de que o preço de entrada não ultrapasse os R$ 60 mil.


 

JEEP COMPASS

Segredos FCA

Esqueça aquele SUV com cantos de caixa de sapato, imensas caixas de rodas e traseira caída. O projeto 551 dará vida a uma nova história para o Compass. Ele surge em novembro com os níveis de acabamento e equipamentos que se espera de um SUV médio, com duas opções de motores e tração.

A primeira, ao preço de R$ 110 mil, virá com o 2.0 Tigershark flex, com potência na casa dos 180 cv, tração 4x2 e câmbio Aisin de 6 marchas. A segunda deve custar em torno de R$ 150 mil, e contará com o novo motor 2.0 diesel Multijet, de 200 cv, e a tração 4x4 semelhante à que o comprador de Renegade encontra na versão topo de linha, a Trailhawk.

Segredos FCA

Segredo FCACrédito: Xtom (Usuário no fórum AutoPareri)


 

MOBI TRÊS CILINDROS

Bomba! Não compre Mobi amanhã! Se você já gostou do que viu no Fiat, não o compre agora; espere até setembro quando a Fiat dará início às vendas da versão equipada com o 1.0 tricilíndrico. Até lá ele só será vendido com o velho 1.0 de 4 cilindros do irmão Uno.