Fiat X6H

Por Lucas Litvay // Projeções: João Kleber Amaral // Fotos: Lazenby e Uli Rivero

A Fiat prepara para os próximos meses um novo hatch para substituir em uma só tacada três outros modelos – são eles Punto, Bravo e a versão mais cara do Palio. Com lançamento marcado para junho, a novidade está na última fase de testes, como mostram as fotos publicadas por nossos hermanos de Argentina Autoblog.

Com carroceria definitiva e camuflagem pesada para dificultar a vida dos espiões, o chamado Projeto X6H foi flagrado rodando pela região de Rosário (Argentina) escoltado por uma mula do X6S, sua versão sedã. Com a missão de substituir Siena e Linea, o X6S está previsto apenas para novembro e, por isso, ainda não usa sua carroceria definitiva – mas sim uma carcaça do Grand Siena.

Apesar de ainda ser chamado como Projeto X6H, o hatch já tem um nome definido pela alta cúpula da Fiat. Por enquanto sabemos apenas que terá quatro letras e duas sílabas, ao melhor estilo dos últimos lançamentos Mobi e Toro. Sua missão é cortar custos de produção e aumentar o rendimento financeiro da marca no segmento de hatches. “Substituiremos três carros de baixas vendas por um único modelo, que vai atender a faixa dos R$ 50 mil a R$ 70 mil.”, explica uma fonte da fábrica.

Fiat X6H

Embora a Fiat brasileira tente passar que o design do X6H é local, não dá para negar que ele foi inspirado no Tipo europeu. A lateral, por exemplo, será praticamente idêntica e com a mesma estampagem. Aqui, a única exceção é a porta traseira que não invade a coluna C.

1.0, 1.3 e 1.8

Por atingir uma fatia tão vasta, o novo Fiat tinha que ter também uma ampla opção de motores e câmbios. Apesar de certa resistência da Engenharia, a Fiat decidiu que a versão de entrada do X6H (aquela que mata o Palio top) será equipada com motor 1.0 de 3 cilindros e câmbio manual de cinco marchas, conjunto que fez sua estreia no Uno 2017. Também vem do Uno, o motor 1.3 de até 109 cv e 14,2 mkgf de torque que será oferecido na versão intermediária – e que a Fiat acredita será a mais vendida. Nessa configuração o modelo vem com transmissão automatizada.

O hatch contará também com uma versão esportiva com motor 1.8 E.torQ EVO de até 139 cv e 19,3 mkgf de torque associado ao câmbio automático de seis marchas, presente na picape Toro. Futuramente o X6H poderá contar com motor turbo. Betim já desenvolve o 1.3 Firefly turbo. Neste caso, o cabeçote passará a ter 16 válvulas. A estimativa é que a potência final fique na casa dos 160cv.

Fiat X6H