Polo

Da redação / Fotos Diogo Dias

O que a geração atual do Volkswagen Polo europeu estaria fazendo no Brasil? O carro foi flagrado pelas lentes do nosso fotógrafo espião, Diogo Dias, junto com outros carros da marca alemã. É pouco provável que a fabricante tenha intenções de vender o hatch no mercado brasileiro, mas existe uma questão que pode explicar, pelo menos em parte, a razão do modelo ter sido trazido pela fabricante alemã. 

O Polo vendido na Europa usa a plataforma PQ25, base da chamada A-Entry, que será usada na nova geração do sedã Santana. O sedã esticado será fabricado em São Bernardo do Campo (SP) no último trimestre do ano, conforme publicado na edição 61 de C/D.

Polo2

Com essa nova plataforma A-Entry, além do Santana, poderão ser fabricados outros modelos no Brasil, inclusive um hatch para brigar no crescente segmento do qual fazem parte Chevrolet Sonic, Ford New Fiesta, Peugeot 208 e companhia. Portanto, o Polo poderia estar servindo para testar alguns componentes da nova base a ser usada em um futuro hatch da Volkswagen no mercado brasileiro, substituto do desfasado Polo hatch vendido no país.