Honda WR-V

Fotos: Raphael Panaro

Uma das atrações do Salão de São Paulo, em novembro do ano passado, o WR-V será lançado no Brasil no final de março. A informação foi confirmada pela Honda durante um evento de apresentação na sua fábrica em Sumaré (SP).

Posicionado abaixo do HR-V, o crossover (ou aventureiro urbano, chame como quiser) será equipado com o mesmo motor 1.5 de 116 cv e 15,6 mkgf de torque, que trabalha em conjunto com a transmissão CVT – não haverá opção com câmbio manual.

O preço ainda não foi revelado, mas levando em consideração que o Fit topo de linha (configuração EXL) sai por R$ 78.900 e o HR-V CVT mais básico (LX) custa R$ 86.800, é possível ter uma base do posicionamento que será adotado com o WR-V.

Honda WR-V

AVENTUREIRO OU CROSSOVER?

Por compartilhar plataforma e vários componentes com o Fit, o WR-V foi taxado por muitos como uma versão repaginada do Fit Twist, versão aventureira do monovolume.

Na tentativa de tirar esse estigma, a Honda afirma que o modelo teve o chassi retrabalhado, com bitolas mais largas, entre-eixos alongado (2 cm extras, para 2,55 metros) e suspensão ajustada. A altura em relação ao solo também foi modificada: 19,9 cm contra 14,5 cm do Fit. Resta saber se o público aceitará a explicação.

Honda WR-V