fechar X
Assine

Por Marcelo Moura // Fotos: Divulgação

Poucos dias após lançar o facelift de Onix e Prisma, a GM apresentou hoje (5), em Indaiatuba (SP), uma nova versão de entrada para os dois modelos. Batizada de Joy (nome que já foi utilizado em outros carros da marca, como o Celta), a configuração mantém o antigo design e chega para substituir para a extinta versão LS.

Como você sabe a estratégia não é nova: a Fiat já fez o mesmo mantendo vivo o Palio Fire. Onix e Prisma Joy vão ocupar os postos de modelos mais baratos da GM, um buraco deixado pelo fim de Celta e, em breve, do Classic. É um pouco abaixo da faixa de preço do hatch que VW Up e Fiat Mobi brigam praticamente sozinhos e emplacam cerca de sete mil unidades por mês.

MUDANÇAS

O design pré-facelift permanece intacto. A única diferença está no adesivo “Joy” aplicado na tampa do porta-malas. Já o interior segue algumas das mudanças adotadas no novo Onix, como os puxadores das portas reposicionados. Na lista de empréstimo do “irmão atualizado” também está o motor 1.0 de 80 cv e 9,8 mkgf, que foi recalibrado e traz mudanças no sistema de arrefecimento para ficar mais econômico – a GM fala em melhora de até 14% no Onix e 16% no Prisma. A nova transmissão manual de seis marchas completa o pacote.

Para tentar convencer o consumidor a GM optou por rechear a lista de equipamentos. Entre os itens de série estão ar-condicionado, direção elétrica, sistema OnStar, vidros dianteiros elétricos, alerta de mudança de marcha e limpador e desembaçador traseiro.

Leia também
Comente!*