Os utilitários esportivos compactos conquistaram o público que quer um carro capaz de andar bem na cidade e na terra. No topo da cadeia alimentar está o Ford EcoSport, o nome a ser batido e superado, por ter se tornado o mais tradicional da área. As rivais não poderiam ficar de fora e estão trabalhando em seus veículos, deixando a briga mais disputada. Confira o que cada marca prepara para o segmento:

Chevrolet Enjoy

Chevrolet Enjoy

Os Viciados em Carro já conheceram o futuro utilitário esportivo da GM na edição 52 de C/D. O Chevrolet Trax, que no Brasil deve se chamar Enjoy, foi criado com base no Buick Encore e Opel Mokka, utilitários lançados nos EUA e Europa. O Enjoy será maior que o atual EcoSport, mas um pouco menor que o Renault Duster. São 4,28 m de comprimento (3 cm a menos que o Renault) e 2,55 m de entre-eixos (12 cm mais curto que o Duster, porém 6 cm maior que o do atual Eco). Se na altura em relação ao solo ele também perde para o Duster (16 cm x 21 cm), o Chevrolet será imbatível na capacidade do porta-malas: 480 litros, ante 400 l do Renault e 320 l do Eco atual.

Sua fabricação será no México a partir do começo de 2013 e será exportado para cá da mesma maneira que o Sonic. A semelhança com o Sonic vai além do local de fabricação. O Enjoy dividirá plataforma com o compacto, no caso a Gamma II. Seu conjunto mecânico virá do Cruze. Ou seja, o SUV será equipado com o refinado motor 1.8 Ecotec de 140 cv a 6.300 rpm e 17,8 mkgf a 3.800 a gasolina. Com o uso do etanol a potência sobe para 144 cv, enquanto o torque pula para 18,9 mkgf.

Fiat 500X

Fiat 500X

A ideia da Fiat é formar o 500 em uma marca à parte. O 500 X poderá ter opções 4x2 e 4x4 e as mesmas opções de motor mais fortes que as oferecidas para a minivan 500 L na Europa. Portanto, espere pelos motores 1.6 e 1.8 E.torQ, sem falar na 1.6 turbo, que está em desenvolvimento e deve substituir, em breve , o 1.4 T-Jet importado da Itália. A vantagem desse motor é que, além de ser turbo, o que lhe garante mais potência, ele também será flex.

O carro tem capô longo e baixo, seguido de uma coluna A bem inclinada para trás, mostrando dinamismo. Na base as portas e dos para-choques, uma faixa de plástico preto mostra pretensões quase fora de estrada, reforçadas pelos pneus de perfil alto e pelas rodas grandes, ainda sem medida divulgada. A dianteira é quase a mesma do 500, com faróis redondos e grade com forma de bigode de mexicano com o emblema da marca. Atrás, o destaque é o par de lanternas cromadas.

Quando ele vem para cá? Pode esperar sentado, pois ele será produzido na futura fábrica da Fiat em Goiana (PE). Coisa para 2014.

Honda Fit SUV

Os japoneses da Honda também querem entrar na festa e estão desenvolvendo seu produto para o segmento. Com a mesma plataforma do Fit, o SUV ficará abaixo do CR-V. As primeiras informações, obtidas pela revista nipônico Mag-X, falavam sobre produção no Brasil, China, Indonésia, Japão e México, enquanto a apuração da C/D descobriu que ele será produzido em Sumaré (SP), baseado no conceito Li Nian SUV.

Hyundai HB20 SUV

Um dos destaques do ano é o lançamento do Hyundai HB20, o compacto barato da marca coreana que quer dar dor de cabeça para o VW Gol. Além do hatchback, o HB20 terá uma versão sedã e um SUV pequeno, abaixo do ix35/Tucson. Não há muitos detalhes, já que a prioridade da Hyundai é o HB20 sedã, deixando o utilitário para 2014.

Chery Tiggo

Chery Tiggo

O único representante chinês dos utilitários compactos no Brasil, o Tiggo está velho. Na China, ele já está para receber uma nova geração e flagras mostraram a versão de teste pelas ruas do País. A previsão é de que chegue às lojas em 2013, com motor 2.0 DVVT de 140 cv e 18,3 mkgf de torque, e uma versão 1.4 TGDI turbo para 2014. Por aqui, o Tiggo deve ser fabricado na nova fábrica da Chery em Jacareí (SP), aproveitando que ele compartilha a plataforma com o hatchback Fulwin 2/Celer.

 

Peugeot 2008

Peugeot 2008

Fechando a lista, vem os franceses da Peugeot. A marca do leão apresentou no Salão de Pequim (China) o protótipo Urban Crossover, de onde virá o 2008. Desenhado em parceria com o estúdio brasileiro da Peugeot, o utilitário esportivo vai exibir o novo padrão estético da marca. Ou seja: grade dianteira avantajada, lanterna que invade a lateral, como se fossem as marcas da garra de um felino, e dois fortes vincos na porta.

Peugeot 2008

O 2008, que não terá estepe pendurado na tampa do porta-malas, será um pouco menor que o atual Eco. São 4,14 m de comprimento (10 cm a menos do que o Ford), porém terá vantagem na altura: 1,74 m, diante de 1,67 m do Ford. Ele começa a ser produzido em Porto Real (RJ) sobre a plataforma do novo 208 no fim de 2013 e terá duas opções de motor: 1.6 de 122 cv e 2.0 de 151 cv.

Conheça as 101 novidades de 2013 na edição de setembro de C/D.

Car and Driver 57