fechar X
Assine

Por Marcelo Moura // Fotos: Isaac Hernandez

Depois de meses de suspense a Honda apresenta a décima geração do Civic no Brasil. O novo modelo começa a ser vendido nas concessionárias da marca a partir do dia 25 de agosto por R$ 87.900 na versão Sport. Além dela, há outras três configurações: EX (R$ 98.400), EXL (R$ 105.900) e a topo de linha Touring, que sai por R$ 124.900. A pré-venda terá início no próximo dia 30.

As três primeiras versões citadas contam com o motor 2.0 i-VTEC Flex, capaz de liberar 155 cv e 19,5 mkgf de torque a 4.800 rpm quando abastecido com etanol. Para a EX e a EXL a transmissão é a CVT, que simula sete marchas e permite trocas através de borboletas atrás do volante. Já a versão Sport, mais em conta, traz também com a opção de câmbio manual de seis velocidades. A grande novidade mecânica está na versão Touring. Trata-se do aguardado motor 1.5 turbo de quatro cilindros, com injeção direta e variação de tempo de abertura de válvulas. Combinado com o câmbio CVT a novidade libera 173 cv e 22,4 mkgf já a partir de 1.700 rpm.

Na classificação do CONPET, os dois motores receberam o selo de eficiência energética, com nota A em sua categoria. Já na classificação geral o turbo repetiu a nota máxima, enquanto o aspirado levou a nota B.

Entre os itens de série para todas as versões estão ar-condicionado digital, freio de estacionamento eletrônico, controle de cruzeiro, modo de condução econômico, vidros elétricos com função “um toque, sistema de som com quatro alto-falantes, conexões bluetooth e USB, volante multifuncional, lanternas traseiras em led e câmera de ré. No quesito segurança há airbags frontais, laterais e de cortina, controle de tração e estabilidade, assistente de partida em aclive, sistema de vetorização de torque baseado em frenagem  luz de frenagem de emergência, sistema ISOFIX para fixação de cadeirinhas e aviso de esquecimento dos cintos dianteiros.

Honda Civic

MUDANÇAS

O desenho externo mostra as novas personalidade e cidadania do sedã - quem criou o décimo Civic foi uma equipe americana, apenas com a ajuda de engenheiros japoneses e sul-americanos. Se na dianteira a impressão é que houve apenas uma atualização da identidade da Honda, a traseira é mais extrema. A caída da coluna C é brusca, quase como um fastback, estilo consagrado pelo extremamente americano Ford Mustang.

Por dentro, a agressividade é mais comedida. De certa forma, o novo Civic é mais conservador que a oitava geração, lançada em 2006 e que chamou atenção pelo painel em dois andares e a futurista iluminação azul. Agora, a Honda optou pelo tradicional, com o cluster reunido na mesma peça e um console central de linhas retas.

O painel de instrumentos mistura digital e analógico: a parte central é uma tela de 7 polegadas e abriga velocímetro, conta-giros, detalhes de computador de bordo e informações de rádio. Nas duas extremidades, uma pequena barra azul percorre uma superfície transparente para dar o nível de combustível e temperatura do motor. É um layout moderno, apesar de não ser revolucionário.

Algo semelhante acontece no console central. A tela de sete polegadas tem boa resolução e sensibilidade ao toque, apesar de a Honda investir em gráficos toscos para os seus programas. O apoio de braço abriga um imenso porta-objetos modular, em que você pode deslizar plataformas para criar diferentes soluções de arranjo. Na frente da alavanca de câmbio há uma superfície emborrachada que impede que o seu celular escorregue.

A construção também avançou. Mas como a parte mecânica nunca foi o problema do Civic, não precisava passar por uma revolução em sua concepção. O monobloco ganhou maior concentração de aços de alta e ultra-alta resistência, o que melhorou a rigidez torcional em 25,8%. Um acréscimo importante, já que o carro cresceu: está 7,3 cm mais comprido, ganhou 3 cm no entre-eixos, e 4,8 cm na largura. A altura caiu 2 cm, mas como o centro de gravidade está 1,4 cm mais baixo, o espaço interno não sofreu tanto. Apesar disso o Civic está 33 kg mais leve, com 1.267 kg no total. Suspensão e direção foram atualizadas.

Quer saber como anda? Confira nossa avaliação feita com o novo Civic na Califórnia (EUA).

Civic Sport 2.0 MT: R$ 87.900

Civic Sport 2.0 CVT: R$ 94.900

Civic EX 2.0 CVT: R$ 98.400

Civic EXL 2.0 CVT: R$ 105.900

Civic Touring 1.5 Turbo CVT: R$ 124.900

Leia também
Comente!*