Toyota Hilux

Foto: Teknikens Värld

No final do ano passado a revista sueca Teknikens Värld levou várias picapes para um Teste do Alce – manobra que consiste numa mudança rápida de trajetória com velocidade entre 64 km/h e 68km/h e carga média na caçamba, como se fosse desviar de um animal. Ram 1500, Volkswagen Amarok, Ford Ranger e Nissan Frontier cumpriram a prova sem problemas. Já a oitava geração da Toyota Hilux bombou: as duas rodas do lado interno da curva perderam contato com o solo e a picape quase capotou.

Agora a mesma publicação sueca afirma que, após analisar os resultados do teste, a Toyota admitiu que fará duas mudanças na Hilux. A primeira dela consiste em alterar o manual do proprietário e recomendar pressão maior nos pneus em caso de caçamba cheia. A segunda será o ajuste do Controle Eletrônico de Estabilidade (ESP) para que atue melhor em manobras de emergência.  

A revista também afirma que a Toyota não descarta a possibilidade de fazer um recall para efetuar a melhoria nas picapes que já foram vendidas. A marca ainda não confirma nenhuma das informações. Ainda em março a Teknikens Värld fará um novo Teste do Alce com a Hilux melhorada. O resultado será divulgado em breve.