Lamborghini Aventador

O Lamborghini Aventador conquistou o público, principalmente na China, e ajudou a empresa a sair do vermelho, depois de registrar prejuízo em 2009, 2010 e 2011. Para não perder o bom momento, a fabricante está considerando novos modelos do touro italiano, a serem lançados até 2017, quando o Urus SUV sairá das fábricas.

Tudo começará com o Aventador roadster, a esperada versão conversível, que será apresentada no Salão de Detroit, em janeiro de 2013. O modelo vai fugir do teto complicado que vimos no Murcielago e adotar o uso de painéis móveis. A confirmação do conversível veio no começo do mês, quando a Environmental Protection Agency (EPA) avaliou o consumo do supercarro, que utiliza o mesmo motor 6.5 litros V12 de 700 cv e 70,3 mkgf de torque.

Em seguida, será a vez do Aventador se tornar Aventador GT, com a configuração 2+2, um entre-eixos maior e portas suicidas para dar acesso aos novos bancos traseiros. Para finalizar, teremos o Aventador Superveloce (SV) em 2014, que vai elevar a potência do motor para 750 cv e 770 cv no modelo 2015.

A linha da Lamborghini também vai receber a versão de produção do Sesto Elemento, conceito baseado no Gallardo e revelado no Salão de Paris 2010. Apenas 20 unidades serão produzidas em 2013, com motor V10 de potência desconhecida. O Gallardo, o carro mais bem sucedido da marca, terá um facelift apresentado no Salão de Paris deste ano para segurar as vendas até o lançamento da terceira geração, prevista para o Salão de Frankfurt, em 2013. Cortando gastos, a nova geração vai compartilhar a plataforma do novo Audi R8.

Fechando a conta vem o crossover Urus, utilizando a mesma plataforma do Audi Q7, Porsche Cayenne, Volkswagen Touareg e o futuro SUV da Bentley. A Lamborghini gostou da reação do público no Salão de Pequim e quer adiantar o lançamento para o final de 2016, com um motor 4.0 V8 biturbo de 600 cv e 67,4 de torque.

Fonte: Automobile Mag