fechar X
Assine

Fotos: Divulgação

Apenas um ano e meio após o início das obras, a Jaguar Land Rover celebra a inauguração de sua fábrica em Itatiaia, no sul do estado do Rio de Janeiro. A unidade de 60 mil metros quadrados, fruto de um investimento de R$ 750 milhões da matriz, é a primeira planta da marca fora do Reino Unido.

Será ela a responsável por produzir o Range Rover Evoque e o Discovery Sport para o mercado brasileiro. A expectativa é que as primeiras unidades nacionais cheguem às concessionárias até o fim do mês – a marca promete a mesma qualidade de construção e acabamento em relação aos carros importados da Inglaterra. Componentes como sistema de escape, bancos e vidros virão de fornecedores locais, parceiros da Jaguar Land Rover. O motor é importado da Inglaterra e não deve ser nacionalizado.

A fábrica de Itatiaia terá a capacidade de produzir 24 mil unidades por ano – no início a produção ficará em torno de 70% do limite. Exatamente por isso a marca já estuda levar outros modelos para a unidade fluminense e não descarta fabricar modelos da Jaguar no local. Apesar de não haver planos para o futuro próximo, o SUV F-Pace e o sedã XE são os mais cotados para a produção nacional.

Durante a cerimônia de inauguração da fábrica, que contou com a presença de executivos da marca inglesa, além de autoridades locais e do Governo Federal,  a Jaguar Land Rover anunciou a ação My Land, uma expedição por todo o País com os primeiros veículos produzidos em Itatiaia.

AÇÃO SOCIAL

A fábrica traz também o primeiro Centro Educacional (EBPC) da marca fora do Reino Unido. A unidade vai abrigar atividades extracurriculares – cursos relacionados a área automotiva – para até 12 mil crianças de 5 a 18 anos matriculadas em escolas locais. A gestão do local será compartilhada com o Senai.

Leia também
Comente!*