Chamada Compra Certa

Publicado na edição nº 54 (jun/2012)

Qual é a melhor peça exposta no balcão? A fatia mais saborosa? O carro tão prazeroso ao bolso quanto à alma? Entre as mais de 220 opções disponíveis no Brasil, poucos sabem fazer essa união. Durante o mês, você conhece os nove vencedores do Compra Certa 2012, os melhores negócios para você que é viciado em carro, mas não desperdiça dinheiro.

Para chegar ao resultado, selecionamos 27 modelos – aqueles que reúnem o melhor de tecnologia, modernidade e diversão ao volante – entre nove categorias, divididas em perfis (solteiro, casal e família) e bolsos (R$ 30 mil, R$ 50 mil, R$ 70 mil), com tolerância de preço de até 20% para cima ou para baixo. “Essa é, em média, a margem de flexibilidade no orçamento do consumidor na hora da compra de um 0 km”, afirma Rui Mendes, da LM Consultoria Automotiva. A pesquisa analisou dez itens que afetam diretamente o bolso: preço, desvalorização, reparabilidade, seguro, cesta de peças, carro na rua (IPVA, licenciamento, seguro obrigatório e tanque cheio), revisões, equipamentos, garantia e rede de concessionárias.

A apuração, que envolveu toda a equipe de Car and Driver, contou também com a participação de empresas e instituições renomadas como Cesvi, Fipe, Audatex e RK Security. Assim, você pode se programar e evitar surpresas sobre seu próximo carro. Agora é só escolher a opção que combina melhor com sua cara e seu bolso.

Compra certa

Compra certa
Clique na imagem para ampliar

Compra Certa

Você quer o primeiro carro. E vai ter de se dobrar ao meio para conseguir pagar as parcelas dele e a mensalidade da faculdade. Não se preocupe: aqui estão três boas opções para o seu perfil. São carros com faces conhecidas, mas que escondem fôlego de garoto sob o capô – uma seleção de foguetinhos de bolso que não faz feio diante da turma do degrau de cima.  Você vai se divertir bastante. E o melhor: eles não vão quebrar as suas pernas.

Uno, Ka e March são carros divertidos de dirigir. O Ka e o March, com motores 1.6 – de 107 cv e 111 cv com etanol, respectivamente – são mais espertos e deixam o Uno 1.4 para trás. Em equipamentos, o Fiat escorrega por não ter ar-condicionado de série, mas se endireita com direção hidráulica, trio elétrico e rodas de liga leve de 15 polegadas. Ele também pode vir com saias laterais, aerofólio e ponteira dupla de escapamento – itens que você só encontra no March SR, bem mais caro. No Ka, esqueça.

O Ford, aliás, só leva medalha de ouro no índice de reparabilidade do Cesvi. E o March tem a melhor cesta de peças do trio e a garantia mais longa: três anos. Você já deve ter olhado para a tabela. Olhe de novo, por favor. Repare como o Uno é, de longe, a melhor opção. O Fiat é o mais barato, o que menos desvaloriza, o que apresenta seguro e revisões mais em conta e, de quebra, o que consegue os melhores valores no quesito carro na rua. Além disso, também é o que conta com a maior rede de concessionárias, com 570 pontos de revenda. Ainda não está satisfeito? Ok, dá pra ficar mais legal: as cores Laranja Nemo, Vermelho Modena e Amarelo Indianápolis, sucessos de vendas na versão Sporting, são sólidas e não têm custo adicional.

Apetitosa

O motor Fire Evo 1.4, de até 88 cv com etanol, é menor e, por consequência, mais fraco que o dos rivais. O 1.6 da Ford rende 107 cv e o da Nissan, 111 cv (etanol). Mas essa variação de potência não faz tanta diferença na cidade – o Uno é esperto e teve boas lições com o irmão mais velho Punto sobre como fazer curva. Em termos de acabamento, o trio se equivale. Já no espaço interno, o destaque fica com o March, contudo, o Uno não faz feio. São três pesos-pena que representam o primeiro patamar da diversão. O tesão básico. E, nesta faixa, o Uno Sporting é a peça mais apetitosa do balcão.

Compra Certa

Compra Certa

O March ficou em segundo lugar pela regularidade. O ligeirinho da Nissan garantiu as melhores colocações nos quesitos garantia, equipamentos (empate geral) e, para nossa surpresa, cesta de peças. Como pode? O carro vem do México e tem peças mais baratas que a dos nacionais? Com a palavra, Fiat e Ford.

Fora isso, o March mostrou que tem revisões e seguro mais baratos que os do rival da Ford.  Entretanto, em ambos os quesitos, perde para o adversário da Fiat. Seu ponto fraco foi o baixo número de concessionárias. Ou seja, ele é um bom negócio, mas, diante do Uno Sporting, que se saiu melhor em quase todos os itens, o nervosinho mexicano fica com uma honrosa medalha de prata.

Compra Certa

O Ka Sport tem uma legião de fãs – muitos deles em Car and Driver. É um carro emocional – e disso ninguém duvida. Mas o foguetinho passa longe de ser a Compra Certa. Ele só vence seus concorrentes no índice de reparabilidade do Cesvi e empata com os outros dois em equipamentos. Depois disso, fica cinco vezes na tabela na segunda colocação e três na lanterna. É o pior em seguro, cesta básica, desvalorização e revisão – vai mal em pós-venda – e é apenas regular quando se fala em concessionárias e carro na rua. Em garantia, empata com o líder Uno. O March aqui vence com três anos de cobertura total. Em resumo, o Ka Sport é muito legal, mas cobra caro por isso.

Compra Certa

O filé

Qual é a opção mais saborosa? O filé, a peça mais apetitosa e não necessariamente a mais barata. Para o seu perfil, a Saveiro. A picape da VW não é barata, tampouco tem seguro baixo. Mas é superdivertida.