Por Cauê Lira (texto e fotos, com divulgação)

Beleza é algo relativo, e está nos olhos de quem vê. Mas é difícil enxergar qualidades no design externo do Toyota Etios XLS, o sedã compacto que tem suas vendas ofuscadas por Hyundai HB20S e Chevrolet Prisma. Seu formato quadradão abusa de linhas retas e passa longe de conquistar os Viciados em Carro. Mas quem deixar o preconceito de lado – ou relevar as questões de estilo - vai gostar do que encontrará.

A começar pelo surpreendente motor 1.5 de 96 cv e 13,9 mkgf, que promete agradar tanto quem gosta de acelerar quanto quem não é fã de visitas ao posto. Começo com uma leve provocação ao motor, e sua resposta é esperta, atenta.


TOYOTA ETIOS SEDAN

  • + Motor, porta-malas, espaço interno, consumo

  • -  Design, equipamentos

  • Feio, mas bom e honesto

Em nossos testes, ele foi de 0 a 100 km/h em 12 s, com retomadas de 80 a 120 km/h na casa dos 13,4 s. No segmento, ficou atrás apenas do Volkswagen Voyage (que obteve 11 s e 12,1 s, respectivamente). O sedã da Toyota também promete não esfolar seu bolso, marcando 9,5 km/l na cidade e 13,3 km/l na estrada nos testes da Car and Driver.

Por dentro, falta requinte. Encaixes saem com facilidade, mas destacamos a ausência de rebarbas nos acabamentos. O cluster ao centro divide opiniões, mas a Toyota poderia ter sido mais feliz ao escolher a cor da iluminação. A qualidade dos materiais também não é excelente.

O espaço interno é ótimo, graças aos 9 cm a mais de entre-eixos em relação ao hatchback. O porta-malas de 562 litros é aceitável, mas ainda integra as alças “pescoço de ganso”, que reduzem o espaço da bagagem.

A versão testada, XLS, custa R$ 53.090 e carece de equipamentos como central multimídia e sensores de estacionamento. Por mais R$ 3.040, é possível avançar para a versão Platinum, que traz todos esses opcionais. Mas aí o preço fica salgado para um sedã popular.