Por Cauê Lira (texto e fotos, com divulgação)

Anote a receita: 150 cv de potência, 20,9 mkgf de torque, suspensão 26 mm mais baixa e 0 a 100 km/h em 8 s. Eis a combinação que colocou o Renault Sandero RS em evidência por menos de R$ 60 mil. A Renault é uma das marcas que mais conhecem a fórmula para apimentar hatches, principalmente a galera da Renault Sport, a divisão esportiva criada em 1976.

Como as edições esportivadas de populares, sem mudanças no motor, continuam chamando a atenção entre os consumidores, a Renault preparou o Sandero GT-Line, com o mesmo 1.6 8V de 106 cavalos e câmbio manual de 5 marchas utilizado em Logan e Duster. Novidades? Para-choque com detalhes cromados, rodas de 16 polegadas com desenho exclusivo e retrovisor com capa em grafite.

renault sandero gt-line

  • + Design, equipamentos

  • -  Suspensão molenga, motor

  • Para quem prefere design antes de desempenho.

Ao ligar a central multimídia, o recado de boas-vindas é assinado pela Renault Sport – como se um Fox Pepper trouxesse a sigla GTI. Ao menos a interface do sistema da Renault é extremamente intuitiva e simples. Demanda pouco tempo de adaptação. Destaque para a função Condução Eco, que dá nota para o estilo de pilotagem do motorista e contribui para a economia de combustível. Lembrando que o Media Nav é item de série para o GT Line.

Espaço interno é um problema em carros dessa categoria, mas o Sandero é capaz de levar quatro adultos e uma criança sem maiores dificuldades. Se os 320 litros do porta-malas forem insuficientes, melhor partir para o Logan

ESPORTIVO SEM GRIFE 

O Sandero GT-Line também pode ser um carro emocionante. Mas, infelizmente, no mal sentido. Qualquer curva a 40 km/h é dramática como passar pelo perigoso Karussell de Nordschleife, em Nürburgring. Culpa da suspensão molenga, que foi retrabalhada no RS mas continua assombrando a linha Sandero/Logan/Duster.

O Renault Sandero GT-Line custa R$ 48.990. Diferença de quase R$ 2 mil para a versão Dynamique – R$ 47.000. Vale a pena se você quer se diferenciar dos outros no visual, e não faz questão de um motor forte ou comportamento esportivo.