Peugeot 208 Por Raphael Panaro // Fotos: Divulgação

Se você está procurando hatch compacto, mas quer fugir das escolhas óbvias de Chevrolet Onix, Hyundai HB20 ou Ford Ka, o Peugeot 208 é uma boa opção. Mesmo na versão básica Active, o modelo francês supera o acabamento dos rivais, entrega bons equipamentos, tem ótima dinâmica e você pode encontrar um 2014 com baixa quilometragem por menos de R$ 35 mil.

Com chave canivete, computador de bordo, rádio com MP3 e Bluetooth, direção e retrovisores elétricos, o 208 Active agrega vários itens. Ainda traz o charmoso volante de diâmetro reduzido de ótima empunhadura. A suspensão é outro ponto forte. Ela garante conforto ao rodar em ruas esburacadas, mas também apoia bem o carro nas curvas. O motor 1.5 flex já não está mais na gama (foi substituído pelo 1.2 Puretech). Mesmo assim, os 95 cv e 14,2 mkgf (etanol) dão fôlego ao carrinho, que, com gasolina, ainda é econômico e pode atingir médias de 12 km/l.

Peugeot 208

FIQUE LIGADO

Recall: o modelo passou por um recall para verificação do chicote elétrico do limpador de para-brisa. 

Contratempo: a abertura do tanque requer o uso da chave e o estepe é aquele fininho, de uso temporário.

+ Posição de dirigir, diâmetro do volante e suspensão

- Manutenção, espaço traseiro e câmbio impreciso

RG DO CARRO

Motor: Dianteiro, 4 cilindros, 1.5, flex

Potência: 93 cv a 5.500 rpm

Torque: 14,2 mkgf a 3.000 rpm

Transmissão: Manual de cinco marchas, tração diantira

Porta-malas: 285 litros

IPVA: R$ 1.400