Por Robin Warner // Arte: Kyle T. Webster

Sabemos que a primeira vez pode ser traumática. A ansiedade e a falta de experiência podem colocar todo o seu esforço por água abaixo. Então confira algumas dicas para fazer bonito e aproveitar melhor o dinheiro gasto. 

Track Day

[Clique para ampliar]

Firmeza?: Tem algum vazamento no carro? Todas as porcas, parafusos e mangueiras estão bem presos? Vale a pena checar antes do evento para poder consertar algo errado.

Eu vou mandar pressão: Fazer várias curvas longas em alta velocidade maltrata os pneus de rua. Aumentar um pouco a pessão ajuda a conservar a borracha e mantém a aderência.

Use lubrificante: No track day, o motor do seu carro vai ficar sempre em rotações altas. Troque o óleo e não seja sovina na qualidade do lubrificante.

Ande na linha: Você espera que o carro vire para onde você quer na pista, não é? O alinhamento vai dar estabilidade e preservar os pneus.

Chapa quente: Carros de rua não foram feitos para 50 voltas na pista. Dê cinco ou seis voltas, sendo que a última deve ser mais devagar para resfriar o carro. Para prevenir a fadiga nos freios, use um fluído que aguenta mais o tranco. As especificações DOT 5 já ajudam no desempenho do sistema.

Borrachada: Quando você ficar mais experiente em track days, invista num jogo de pneus voltados para pistas de corridas. Eles duram menos e não são bons para rodar todos os dias, mas o resultado no tempo é sensível.

Cabeça Dura: Capacete é essencial! Sem ele, você não pode nem entrar na brincadeira. Existem boas opções para todos os tipos de bolso. Se tiver bala, compre também sapatilhas. Macacão? Menos, né?