Mula do novo Gol é flagrada na Argentina

Nova geração do compacto se esconde em uma carroceria do Golf. Lançamento será em agosto

Por Lucas Litvay // Fotos: John Lexus // Projeções: João Kleber Amaral

No mundo automotivo chamamos de “mula” os protótipos que utilizam carroceria de modelos já conhecidos para levar (como mulas de carga) os componentes de um novo carro que está em fase de desenvolvimento. No caso da nova geração do Gol a Volkswagen escolheu usar um Golf para esconder o desenho do compacto, como mostram as fotos tiradas na última semana por John Lexus e publicadas por nossos parceiros de Argentina Autoblog.

Com lançamento marcado para agosto, o novo Gol usará uma base mais simplificada da arquitetura MQB (utilizada por Golf e Audi A3), chamada de MQB A0. Ela fará o modelo crescer tanto em comprimento como no entre-eixos – que ganha 12 cm, para 2,55 m. O desenho ainda é um mistério, mas como você vê na projeção abaixo ele terá forte influência do Polo europeu, com uma pitada de brasilidade. “Terá personalidade própria e ao gosto do consumidor brasileiro”, antecipa uma fonte.


Este Gol, aliás, será o percussor da nova identidade visual da marca por aqui, na qual se destacam a grade dianteira horizontal, a linha de cintura ascendente e os arcos das rodas destacados. O capô e a lateral receberão vincos mais marcantes. Na traseira, as lanternas crescem de tamanho e passam a invadir a lateral e a tampa do porta-malas. O aerofólio, para melhorar a aerodinâmica e a estética, será de série em todas as versões.

Devido ao peso baixo, o motor 1.0 de três cilindros aspirado ainda fará parte do pacote de opções. O degrau acima terá o 1.6 16V MSI de 120 cv e 16,8 mkgf de torque. O câmbio automatizado i-Motion deve dar lugar a outro automático convencional de seis marchas.  As opções mais caras contarão com o 1.0 TSI que terá rendimento mais forte que no up! (105 cv e 16,8 mkgf de torque) e pode ser a saída para uma versão mais esportiva ao estilo do Gol GT do Salão do Automóvel em um ajuste parecido com o do Golf e seus 125 cv. Preço? Aposte em algo como R$ 45 mil para as opções mais baratas e R$ 70 mil na topo de linha.

Compartilhe esse conteúdo



Comentários