Após cinco décadas, Aston Martin anuncia volta do DB4 GT

Lendário modelo teve 75 unidades produzidas entre 1959 e 1963. Mais 25 serão feitos em 2017

Fotos: Divulgação

O passado glorioso merece ser relembrado – mesmo que mais de meio século depois. A Aston Martin anuncia que irá produzir mais 25 unidades do lendário DB4 GT, uma evolução esportiva do tradicional DB4 que reinou nas pistas europeias no final da década de 1950. Foram apenas 75 carros produzidos entre 1959 e 1963, sendo oito deles uma versão “lightweight”, exatamente a que servirá de base para o renascimento do modelo.

A produção na fábrica de Newport seguirá o mesmo padrão do passado, com apenas alguns ajustes nos requisitos de segurança. O motor será uma versão atualizada do 3.7, de seis cilindros em linha e com 340 cv, combinado ao câmbio manual de quatro marchas.

A Aston Martin ainda não fala em números de desempenho, mas com apenas 1.227 kg o DB4 GT moderno não vai decepcionar. Em seus tempos de glória era considerado um dos carros mais rápidos do mundo e ganhou diversas corridas pelas mãos de Sir Stirling Moss.

De acordo com a Aston Martin os carros seguirão a numeração de chassis dos anos 1960. Todas as 25 unidades já foram vendidas e a estimativa é que tenham custado algo em torno de US$ 1,9 milhão.

Os sortudos, porém, não poderão acelerar essas raridades na rua: os “DB4 GT Continuation” serão homologados apenas para a pista. A Aston Martin promete aos proprietários um programa de dois anos onde será encarregada da manutenção, do transporte do carro para circuitos fechados, como o de Yas Marina, em Abu Dhabi, e aulas com o piloto oficial da marca, Darren Turner.

Compartilhe esse conteúdo



Comentários