Neblina

Foto: Divulgação

Dirigir à noite ou sob chuva merece atenção especial. Mas o que fazer em situações de neblina quando a visibilidade é prejudicada? Ligar o farol alto? Pisca-alerta? Esperar passar?  Veja a seguir dicas de como se comportar nessa circunstância e ter uma viagem tranquila e segura com seu carro.

SEMPRE ALERTA

Nessas condições, reduza a velocidade e redobre a atenção. Evite freadas e movimentos bruscos na direção. A combinação de gotículas de água e óleo deixado por outros carros tornam a pista escorregadia e mais suscetível a perda de controle do veículo.

FARÓIS

É imprescindível o uso do farol baixo, mesmo de dia. A luz mais alta não é recomendada, pois ela piora a visibilidade pela grande dispersão de iluminação emitida. Use também farol de neblina se o seu veículo tiver.

VIDROS

Mantenha os vidros, principalmente o para-brisas, limpos. Evite usar as mãos, que retêm gordura, para realizar tal tarefa: use panos ou folhas de jornal. Deixar uma fresta aberta ou ligar a ventilação ajudam a desembaçar.

FAIXA

Se a visibilidade estiver totalmente comprometida, use a pintura da faixa de rolamento da pista como referência para ajudá-lo no trajeto.

NÃO PARE

Não estacione o veículo em locais de risco. Se precisar parar, encoste em um lugar seguro, distante da rodovia e não esqueça de sinalizar com o pisca-alerta.

ULTRAPASSAGENS

Evite fazer ultrapassagens. Se tiver de fazê-la, certifique-se da distância e da visibilidade.

PISCA-ALERTA

Em hipótese alguma acione o pisca-alerta em movimento. Os automóveis que vêm atrás pensarão que você parou na pista e colisões na traseira podem ocorrer.

LUZ TRASEIRA DE NEBLINA

Muitos carros só têm do lado esquerdo. Como ela é mais forte que as lanternas, é importante para sinalizar sua posição ao automóvel que vai atrás.