Peugeot 308

Por Henrique Rodriguez // Fotos: Diogo Dias e Divulgação

A Peugeot se mexe para mudar sua imagem entre os hatches médios. Segundo uma fonte ligada à marca, em dezembro ela começa a vender a linha 2016 do 308, que ganha cara nova. A primeira aparição do modelo foi em junho, no Salão de Buenos Aires (Argentina), onde é produzido. Agora, ele aparece pela primeira vez no Brasil, pelas lentes do nosso espião Diogo Dias, enquanto era transportado de caminhão-cegonha para o centro de distribuição da PSA Peugeot Citroën, em Porto Real (RJ).

O novo 308 não passa de um facelift do modelo vendido no Brasil desde 2012. As novas linhas do modelo local foram inspiradas no design do atual 308 europeu. Os faróis recortados, a grade e a parte inferior do para-choque tentam imitar o 308 vendido por lá. Para tal a marca instalou luzes diurnas de leds em cima dos faróis de neblina. Até aí, tudo bem. Só que a traseira não conversa tão bem com a dianteira: atrás, serão trocadas apenas as lanternas, que passam a ter lentes claras para as setas e leds.

Peugeot 308

AO ALCANCE DAS MÃOS

Dentro, a grande mudança é a troca da central multimídia. De uma pequena tela no topo do console comandada por pequenos botões, ela passa para o meio do painel, além de ganhar comandos sensíveis ao toque. Traz ainda função MirrorLink para espelhamento de tela de smartphones e compatibilidade com Android Auto e Apple CarPlay. 

Na mecânica, a novidade é o motor 1.6 THP com tecnologia flex, já usado pelo 2008, e que rende 173 cv com etanol. O 2.0 flex de 150 cv será mantido. O câmbio é sempre automático de seis marchas. Para o manual de cinco, a opção será o 1.6 VTI flex, com 122 cv. Os preços ficarão entre R$ 65 mil e R$ 80 mil.

Peugeot 308

NOVO A CAMINHO

Para quem não se der por satisfeito com o 308 argentino, a Peugeot importará o 308 francês. A ideia é complementar a gama com um hatch mais moderno e sofisticado, capaz de brigar de igual para igual com Golf e Focus.

Para evitar confusão, o europeu terá nomenclatura diferente e mais equipamentos. O motor será o THP. O lançamento do 308 europeu está previsto para meados de 2016 por R$ 90 mil.

Peugeot 308O 308 argentino (vinho) e francês (cinza) têm dianteira parecida

SEDÃ NO MESMO RUMO

Peugeot 408

O Peugeot 408 acompanha as mudanças do 308 argentino, o que significa que, desta vez, os dois terão dianteira quase idêntica: o que muda é o plástico que envolve a grade – que será pintada na cor da carroceria –, os faróis sem máscara negra e os detalhes cromados no para-choque.

Na traseira, as lanternas são novas e também recebem leds. O para-choque também muda. A nova peça tem saídas de escape falsas, como no 308. O sedã continua sem o motor 1.6 aspirado e mantém o 2.0 flex. Ele também passará a ter opção flex do motor 1.6 THP.

Peugeot 408