BMW Série 5 é o melhor Sedã Premium do ano

BMW Série 5: o Sedã executivo mais vendido no mundo mantém as tradições. Gostamos disso!

Fotos: Divulgação | Texto: Redação | Adaptação Web: Rodrigo Sodré

Compartilhe esse conteúdo

O Sedã executivo mais vendido do mundo chegou recheado de tecnologia ao Brasil no primeiro semestre e, de quebra, acertou em cheio o nosso gosto por essas maravilhas de tração traseira. Outro atrativo extra é que seu principal rival (leia-se Mercedes -Benz Classe E) optou por não vir mais equipado com o motor V6 ou V8, a não ser que opte-se por uma versão AMG, ou a E43 ou a E63, com preços a partir de R$ 500 mil. A versão “normal”, a E250 só está disponível em duas versões, ambas com motor 2.0 4 cilindros de 211 cv. Já o Série 5, na versão 540i (R$ 399.950) vem com o clássico seis em linha, biturbo, de 340 cv. Para os menos puristas, há também uma opção 4 cilindros, a 530i.

Respeitada a tradição, o novo BMW caprichou também nas tecnologias aplicadas, heranças do irmão maior, o Série 7, com quem também divide parte dos traços da nova escultura. É retórico vê-lo e acreditar que se trata do sedã grande. Não fosse pelas dimensões menores e pela ausência do V8 sob o capô. O Série 5 trouxe a tiracolo o multimídia que reconhece gestos, sem que se precise tocá-lo, e parte dos sistemas autônomos inaugurados na linha 2016 do Série 7. O carro
consegue ler faixas, frear completamente e até fazer curvas sem o seu comando.

Mas tudo isso chega a ser um contrasenso. Afinal, quem em sã consciência, que já gastou quase R$ 400 mil, deixaria alguém tomar a direção de um ícone da dinâmica com tração traseira? Respondemos: ninguém! Desligue os sistemas e seja feliz com esse BMW raiz!

FICHA TÉCNICA
PREÇO BÁSICO: R$ 399.950
MOTOR: Dianteiro, transversal, 3.0, 24V, biturbo, gasolina
POTÊNCIA (G): 340 cv a 5.500 rpm
TORQUE (G): 45,8 mkgf a 1.350 rpm
SUSPENSÃO D/T: multilink / multilink
DIMENSÕES: comp.: 4,93 m alt.: 1,48 m larg.: 1,87 m e.e.: 2,97 m
CONSUMO (U/E): 7,2 / 10,4 km/l 0 A 1O0: 5,1 s



Comentários